Reciprocidade.

Eu gosto de sentir-me interessada, ver fotos, torcer para que a pessoa entre online, eu gosto de sms, ligações, e-mails, fazer mimos, encher de elogios, eu gosto de me produzir toda, escolher um perfume que agrade, uma roupa que provoque e quem dera se parasse por aí…

Eu gosto de sonhar com o individuo, acordada ou dormindo, ficar efusiva, naquele estado de alegria até bobo, rindo de tudo, cantando todas as musicas que me lembrar, até as mais bregas!

Beijo, cafuné, ah… Eu adoro fazer um cafuné, deixar bilhetes, dormir junto, se enroscar, fazer cócegas, mordidinhas no pescoço, mão passeando pelas costas…

Mas eu só gosto disso quando tenho de volta, não consigo sinceramente entender quem ama sozinho, amor é sempre bom, mas a dois é infinitamente melhor.

Eu (in) felizmente (?) perdi essa capacidade, de se apaixonar sozinho, correr atrás sozinho, se emocionar sozinho…Eu quero reciprocidade, ela é a melhor amiga do amor próprio e da felicidade, amor é um jogo que precisa de dois participantes, nem mais nem menos.

About these ads

Deixe um comentário

Arquivado em Sem Categoria

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s