Revista masculina, pornografia, TPM e afins.

Revista masculina, pornografia, TPM e afins, mas não exatamente nessa ordem.

Sempre gostei de revistas masculinas, são mais dinâmicas, de assuntos mais exatos e com humor mais sarcástico, tal como seus leitores. Atualmente sou apaixonada pela Alfa, mas não teria problema por exemplo, em dar a assinatura da Playboy para um namorado… foi falando isso com umas amigas, que pude observar o maior surto coletivo já visto na história. Pelo que eu notei, não me perguntem porque, para grande maioria das mulheres é inadimissivel que seu homem veja revistas com mulheres semi-nuas, nuas, de utero para fora, mesmo que todo conteúdo dela (além das fotos) seja proveitoso, e se pagarem os rapazes vendo, é perigoso até acabar o relacionamento.

Caaaaaaaaaaaraca! Qual é?!?! 

1) A quem estamos enganando? Quase todos os homens veem as revistas nos barbeiros da vida.

2) Mesmo se não visse, estamos na era digital, pornografia a vontade em casa.

3)Na revista VIP as mulheres estão mais decentes no que na praia e tal

4)O QUE É ISSO? É uma espécie de ditadura só que dentro do relacionamento? Como alguém tem a audácia de querer controlar o que a outra pessoa lê e vê?

Não é necessário a pessoa jogar na sua cara o que vê, mas um surto porque você sem querer ‘pegou’ algo ‘errado’ é absurdo.

Não existe, nem entre os mais apaixonados do mundo, alguém que tenha ficado cego e deixe de ver o quanto as outras pessoas estejam ‘vistosas’ (olha o vocabulário da terceira idade aqui). O amor não é isso, afinal, que sabe-se-lá o que é amor, mas o que pesa é o respeito, algo tipo ‘sei o quanto tem X pessoas lindas do mundo, mas me sinto ok do seu lado, quero ficar aqui’.

Segredo nosso: mas muita mulher não gosta que o companheiro veja pornografia porque rola aí uma comparação. E mulher tem que parar com isso pelamordedeus, afinal, nenhum cara quando tá lá vendo uma pornografia, fica comparando o seu brinquedo com o do outro.

Aí entramos em um outro assunto, do qual inclusive tratava uma cronica da Alfa desse mês, o sexo sujo (que não vou falar exatamente sobre a cronica, afinal, quem quiser vai lá e leia, mas baseio o assunto em cima dela).

A pessoa engole sapos no trabalho, a pessoa engole sapos no transito, saí com roupas adequadas pra X ocasião, se comporta de maneira correta em frente aos parentes, atura a sogra quando as vezes tem vontade de gritar…mas ela se mantem, ela se segura, porque ninguém pode fazer 100% do que tem vontade…ali….entre outras pessoas… Agora  entre quatro paredes? É o minimo, pode ter certeza que se você deixa de fazer X ou Y pensando no que o parceiro vai achar, o relacionamento não vai dar certo. E se é o tipo de pessoa que quer controlar o que você lê, certamente brinca de juiz na vida intima com ‘isso é certo, isso é errado’.

Outra coisa, alguém já leu a NOVA desse mês? Ela ‘ensina’ as mulheres deixarem na maçaneta da porta do apê do cara, uma calcinha, para mostrarem o quanto são sexy’s e fatais, ou então, para seduzir alguém COM QUEM NUNCA SAIU, andar de mini saia, salto alto e sem calcinha que o cara vai pirar! Cê jura, NOVA? Agora imagina só: o cara é solteiro, aí tá indo pra casa com outra e o que acha na maçaneta? Ou tá indo pra casa com os amigos ou mesmo com a familia? Aff…E a história da ‘periquita ao vento’? Minha filha, se tu seguir a dica, talvez o cara pague seus serviços no final.

Eu fico pensando, quem são as piranhas da história. As semi nuas da VIP em três páginas de revista, ou as leitoras da revista feminina.

Por falar em VIP, tem uma máteria maravilhosa identificando lá as TPM das mulheres e como vocês homens devem agir. SENSACIONAL!

Assim que liberar no site, coloco aqui pra vocês.

E quem diria, segui a ordem!

14 Comentários

Arquivado em Sem Categoria

14 Respostas para “Revista masculina, pornografia, TPM e afins.

  1. nós mulheres e nossa bizarra tendência pro lado da hipocrisia..

  2. she

    Olha só… Hahahahah. Eu assinei Trip e Playboy pro ex. E eu que ficava esperando pra ver quando chegavam. Dei de presente numa ocasião aí. E eu sempre mostrei mulheres bonitas na rua pra qualquer homem que estivesse comigo. Das poucas vezes que alguma coisa dessas me chateou, foi porque eu estava insegura em algum setor da vida. Ou seja, o problema era meu, não deles. Sorte que tenho consciência de que o problema estava em mim. Obviamente, se o cara te larga pra ver pornografia ou olhar outras na rua, temos um problema. Mas, sendo num nível aceitável (acho que o bom senso pode dizer o que seria isso), não vejo problema nenhum. E é bom saber que o Fulano vê mulheres super perfeitas (photoshop) e ainda ama suas celulites. Eu acho que isso mostra que a relação é madura. Afe, essa Nova é assim, são 3 capas que se repetem:”Como conquistar o homem da sua vida”, “Como prender seu homem pelo pau”, “99 dicas de como ser insuperável na cama”. Se funcionasse, não precisava repetir tanto. Essa dica da calcinha, além de nojenta (imaginem uma calcinha de uma mulher que foi pra casa do cara com tesão secando por horas ou um dia na maçaneta) é de um nível de invasão absurdo. É marcação de território feroz. Ótimo post. Haahhahaha.

    • É sim, eu concordo com tudo em número, gênero e grau.
      As vezes a gente tá com a ‘alto-estima’ baixa e aí qualquer coisinha já chateia.
      Tem que conseguir discernir o que é brecha o que é loucura.
      Teve uma vez que eu impliquei muito com um namorado (hoje ex) e seu cigarro, mas quando eu conheci ele, o fulano já fumava e eu aceitava numa boa.
      O problema estava comigo, com excesso de tempo livre e falta do que implicar.
      Excesso de tempo livre é uma caca, é um nojo, não pode, a gente tem que se ocupar sempre. E tanta coisa importante pra fazer na vida, né?
      Se a gente se ocupa, prendemos um homem por ser interessante, ter papo e etc, mas se a gente se desocupa e fica colocando calcinha onde não deve, viramos um buraco, com prazo de validade, e bem curto inclusive.

  3. É demais esse post! Parabéns!
    Tenho como exemplo a minha irmã, ela não liga do marido ler/ver Playboy, mas na última mudança fiquei com as revistas hahahaha

    Se eu tivesse uma namorada creio que ela também não se importaria, afinal, não gosto de quem fica dizendo o que devo ou não fazer, não seria o tipo de pessoa que eu namoraria. Também não ligaria se ela tivesse revistas do gênero, quem se incomoda com isso é inseguro.

    Comentando a revista Nova, lia muito ela e a Claúdia, essas revistas vinham aos montes em casa graças ao antigo trabalho da minha mãe que trabalhava para uma dona de fornecedora de revistas. Claro, muitas Playboys no meio hahaha
    Ler Cláudia e Nova ajudou-me a entender um pouco do complexo universo feminino rsrs
    Ainda procuro ler artigos voltados para as mulheres.

    • Querido!
      Quero agradecer pelo primeiro comentário aqui e pelo elogio ao post, claro ;)
      Eu acho que ninguém deve dizer como o outro tem ou não como agir, tem gente que tem mania disso, né? Tem quem queira até falar como vc deve gastar seu salário…absurdo!
      Acho que uma vida é muito pouco, aí a pessoa resolve tomar conta de duas, gente espaçosa mesmo.
      Pois é, NOVA ajuda com o universo feminino, mas cuidado, as leitoras da revista são meio/completamente piradas.
      Cláudia eu nunca li, não vou dar meu pitaco sobre.

  4. Sobre Pornografia: Minha ex assinava a playboy – pra ela, mesmo – e me emprestava pra ler na condição de eu não estragar: ela era, assim como eu, muito ciumenta com relação a cd’s, livros e afins. Nunca passei por crise em relacionamento por causa disso então não sei como reagiria frente a uma coisa assim.

    Eu não sou exatamente o melhor crítico da postura, porque eu realmente leio as revistas masculinas – as reportagens são ótimas. Aí alguém vai aparecer e dizer “pára de conversa, Donnie, todo mundo sabe que você vê as mulheres na revista”. E eu realmente vejo, mas eu observo muito mais se as fotos estão bonitas do que se a MULHER está bonita. Aí alguém vai dizer: “Mermão, se você consegue ver o cenário de uma foto com uma mulher pelada na sua frente você é viado”.

    Eu consumo pornografia desde os 14 anos e cresci num lar sexualmente muito reprimido, então eu já vi o ser humano nas práticas sexuais mais bizarras existentes – muitas vezes – e pouca coisa me impressiona. Casualmente eu me impressiono muito mais com erotismo do que com pornografia – e se as fotos estão bonitas, pra mim elas tem mais valor do que se a mulher estivesse em posições sexuais de visibilidade ginecológica.

    Sobre sexo-sujo: Sexo é uma coisa suja por si mesma. É, na manor das hipóteses, duas pessoas suadas se esfregando uma na outra e trocando fluidos corporais ricos em tudo quanto de animalesco um corpo humano tem para oferecer – e isso numa rapidinha – a forma como as pessoas moralizaram a coisa para tornar isso aceitável e outra coisa não, me escapa. Fato é que, sendo maduro e consensual, o que se passa na vida sexual das pessoas é única e exclusivamente da alçada delas.

  5. jão

    discordo! o que parece absurdo p/ vc nao necessariamente eh absurdo p/ uma outra mulher.
    deve ser desconfortavel sim p/ namorada ver o namorado admirando mulheres nuas ou se masturbando p/ outra num filme porno. eles fazem escondido? provavelmente, mas o que os olhos nao veem o coraçao nao sente!

    • Olha Jão, até que seu argumento é bem razoável.
      E concordo, não é toda mulher que tem que gostar, na verdade, eu nem sequer disse que EU gostava, é coisa pessoal minha, ninguém aqui precisa saber.
      Mas uma coisa é não gostar, não ver e ok, outra coisa é não gostar e se acabar pegando a pessoa vendo, dar barraco, ‘proibir’ (não consigo escrever ‘proibir’ e achar normal, se o assunto não for sobre uma lei que proíbe tal coisa, pq só assim é aceitável) e etc.

  6. @ Jão: O que é que impede o casal de ver o filme junto, cara? Mas concordo com você no quesito de “absurdo” ser relativo – ainda assim, penso que se duas pessoas estão juntas, liberdade sexual entre elas é o mínimo que se pode esperar.

  7. Eu gosto da Alfa desde que vi o Chico na capa. E vou assinar. A revista é sensacional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s